quinta-feira, 26 de março de 2009

Tempo sem tempo.


Tempo sem tempo.

Um dia.
24 horas.
1440 minutos
86400 segundos
Pouco.

Uma volta completa da terra em torno de si mesma.
3 refeições básicas
O tempo suficiente para uma nova vida vir a terra.
Para uma vida ir embora da terra.
Para o ínicio de uma gestação.
Mas hoje, pouco.
Tempo suficiente para viajar para uma cidade longe.
Para se declarar para quem você ama.
Para começar um relacionamento.
Para terminar um relacionamento.
Mas agora, pouco.

Um dia
24 horas
1440 minutos
86400 segundos
Pouco.
Por: Bela

Poxa, estou até sem graça por ficar tanto tempo longe =/. Bom o poema, nem preciso comentar né? Escrevi baseando nos meus dias atualmente. Eu tento ficar sem não postar, mas chego em casa tão cansada que quando não estou estudando quero deitar e dormir ou ler algo deitada :O
Mas prometo que vou tentar não ficar sem postar pelo menos uma vez na semana *figas*. Estou com um texto legal sobre o avanço da tecnologia, escrevi esses dias e acho que vou postar depois.
Gostaria de agradecer o Vitor do blog: INSANO RACIOCÍNIO que me indicou a vários selos e eu ainda não tinha colocado no blog! Muito Obrigado Vitor! Eu fiz um 'mosaico' dos selos achei que ficou mais organizado, oq vcs acham? Vou fazer um 'super' post depois, e indico o pessoal para os selos! Acho que é só!
Mil desculpas pela falta de tempo.
Um beijo!

9 insanidades:

Juliana Esteves disse...

uuui, adorei o poema!
Muito inteso :O
ooo amiga, não fica sem postar nãao!! adoro teus textos :) Mas eu sei como é, tanto é que acabei fechando meu blog por falta de tempo.. Mas não faz isso não, tu tem que escrever!!
beijokitas, e te mandei uma msg off no msn =}

F. Grijó disse...

E sempre achamos que o tempo é absoluto. Não é. Sua relatividade é diretamente proporcional à nossa capacidade de idar com ele.
Em frente, então.

Valeu.

Eu amo a E.Y. disse...

Cada vez mais o tempo vai "encurtando" nos tempos modernos, cada vez sobra menos tempo para nós mesmos.

Beijos!

Inez disse...

Atualmente o tempo nos cobra muito, está passando muito depressa e nos sobra pouco tempo para fazer o que queremos e gostamos.

Fernanda Lemos disse...

Ah, eu queria tanto ganhar um dia de 32 horas! =p
Parabéns pelo post, querida

beijos ;*

Vítor Torrez disse...

Ma olha só quanta honra! Até o meu nome em negrito tenho aqui ^^
Os selos são só reconhecimento pelo blog ;D

Sobre o poema, resume tudo o que eu sinto nas últimas semanas. Todos os dias me pergunto se estou sendo relaxado demais ou o tempo que está diminuindo....Não chego a conclusão nenhuma antes de ver que estou atrasado para o próximo compromisso...

Mas é isso...Se esforce para continuar postando... Se quiser, faça como eu (aliás, deve ter sido tu quem me deu esta idéia antes =D), escreva seus posts em um caderno durante alguma aula muito chata do cursinho... Acredite em mim: ajuda a não dormir. Daí de noite, antes de dormir, é só digitar tudo rapidinho ^^

Um beijo!

Caroline Mendes disse...

Legal o poema! Eu sei como é essa questão às vezes não dá tempo mesmo de fazer as coisas que mais gostamos...
Mas parabéns ao blog! Pelo que andei olhando, parece muito bacana! =]

∞Hamster∞ disse...

O tempo é relativo, assim como a própria vida. Um dia muito curto hoje pode parecer sem fim amanhã...Enfim!
Abraços,
Hamster...
http://cabecasvaorolar.blogspot.com/

Vítor Torrez disse...

Ei, te mandei um email lá no hotmail. Tu recebeu? ^^
(Pode apagar depois de ler xD)
Beijos

© 2008 Por *Templates para Você*