sexta-feira, 3 de abril de 2009

Proteção aos animais?

Bom, aviso aos leitores: Sim, eu estou completamente nervosa.
Chegando hoje em casa, me deparo com um cachorro totalmente cheio de sangue, com a orelhas/patas/nariz/cabeça sangrando. (Para quem não sabe pretendo fazer veterinária, objetivo desse ano: USP) Bom, sem saber o que fazer liguei para a associação da cidade de proteção aos animais. Bom, para começar NINGUÉM tinha o numero da associação. Depois de muito, consegui. Expliquei a situação toda para a mulher e bom ela me disse o seguinte:
- Querida, não posso fazer nada.
- Hã? como assim não pode fazer nada? O lema de vocês não é ajuda aos animais sem dono que estão em estado de sofrimento? E o cachorrinho arrebentado na frente de casa está em boas condições??? (vaca!!)
Bom depois de muuuuuuiiito blá blá blá de todos os membros da merda da associção ninguém me ajudou. E se isso nao bastasse sabe o que ela me falou?
- Se o cachorro não é seu então nao trate dele que ele vai embora.
Olha eu sei que vocês nao me conhecem, mas acreditem se a mulher tivesse na minha frente ela ia levar um murro --* E olha que eu sou uma menininha muito delicada e calma (tá delicada pode ser, mas calma nem tanto)
NÃO TRATE DELE? Eu deixo ele morrer então?? Que merda de proteção é essa?
Bom, isso foi a hora que cheguei do cursinho. Agora são 16:17 e eu estava até agora procurando alguém que pudesse me ajudar. Consegui o numero de um veterinário que fez um preço um melhor e disse que está vindo olhar o pobre cachorrinho. Cara, se eu fosse rica eu pagaria a consulta no melhor veterinário. A questão é que eu so um humilde garotinha de 17 anos que depende de mãe e pai e não tem tipo 100 reias na carteira assim a toa. A única pessoa HUMANA que eu conversei foi uma senhora muito simpática, que o marido é veterinário. Mas para minha sorte ele estava viajando. Ela me disse que em casos assim ele faz até metade do preço, e cobra o mínimo mesmo. Ela me indicou esse que está vindo que é amigo do marido dela :S (olha a confusão). Sério, eu sei que não da para o veterinário ficar atendendo de graça, mas poxa faz um preço melhor afinal eu poderia muito bem não estar nem aí. Se eu fizer a minha parte e o veterinário a dele as coisas melhoram. Agora o fod* é que tem uns que ainda tem coragem de querer ganhar em cima. Cara alguém conhece a palavra SOLIDARIEDADE? Não, definitivamente eu acho que não MESMO.
Quando eu for veterinária vai ser uma coisa que vou prometer a mim mesma, ajudar quem não pode. Quando acontecer algo do tipo com um cachorro de rua ajudar a pessoa que está querendo cuidar. Fazer preços melhores e mostrar o mínimo de SOLIDARIEDADE.
Uuuffs. desabafei
Desculpa as palavras feias :O, os erros de português (não eu não corrigi nada) enfim XD
Me desejem boa sorte :*

16 insanidades:

Marina Melow disse...

Boa sorte na sua carreira.
Se eu estivesse no seu lugar também ficaria p***. Eu amo animais, principalmente os cães. *-*

Beijoos! =]

Vítor Torrez disse...

Hoje em dia não existe mais solidariedade...Quando encontra-se um animal quase morto na rua o que se pensa? "Haha! quem mandou se meter na frente de um carro?! Cachorro estúpido!" Pra que ter compaixão né? Afinal, é só um cachorro ¬¬
Espero que um dia alguma dessas pessoas seja atropelada e eu possa passar na rua e pensar "Haha! Quem mandou se meter na frente do carro?! Cara estúpido!" Afinal, é só um imbecil...

(Desculpem pela desumanidade...mas tem algumas pessoas que não considero evoluídas o suficiente para serem consideradas humanas...)

Beijos Bela!

P.S.: Ano que vem a gente se encontra na USP, combinado? ;D

Alesandro Siridakis disse...

Infelizmente hj em dia as pessoas olham para os animais como se fossem mero lixo q pode ser descartado, pisado...Mas isso acontece porq o Homem ainda não aprendeu a amar a sí mesmo!!!
Gostei d+ do seu blog e podes ter certeza q estarei aqui frequentemente!

http://alesandrosiridakis.blogspot.com/

Groo disse...

Olha, aconteceu a mesma coisa comigo. Resgatei um cãozinho vira-lata (filhote ainda) da rua, todo machucado e quase sendo atropelado. Paguei a um veterinário que fizesse curativos, desse vacina e um banho. Não ficou muito caro justamente porque o profissional deu um belo desconto neste caso.

Como moro em apto. e não tenho condições de ficar com o cachorro, perguntei ao veterinário se ele conhecia alguém que gostaria de um filhote de vira-lata. Ele me passou dois números de telefone de abrigos para animais.

Liguei no primeiro abrigo e este deu a resposta padrão: "Estamos lotados, não podemos fazer nada".

Já no segundo abrigo também estava lotado, mas o tratamento foi bem diferente: "Não temos mais condições de receber animais, mas existe um espaço no parque de Pituaçu ( parque em Salvador) aos sábados pela manhã onde as pessoas levam cães perdidos para que outros possam adotá-los".

Percebeu a diferença? Tenho certeza absoluta de que o primeiro abrigo que liguei sabia desta informação, mas o melhor mesmo foi "lavar as mãos". Já o segundo teve uma postura muito boa. O que falta, muitas vezes, é apenas um pouco de boa-vontade para se passar uma simples informação.

abs!

PS: O cãozinho arrumou logo um lar, nem precisei ir ao parque. A história teve final feliz.

Katia disse...

Ai que horror as pessoas que maltratam os animais deviam sentir como é ser maltratado da msm forma ><

ou melhor isso naum devia acontecer

parabens pelo seu trabalho

abrçs

L ! disse...

Bonita tua atitude, moça!
^^'

http://adytaness.blogspot.com/

[ Visite-o ]

P.S.: O pior de td... é saber que o mesmo tipo de atendimento que a moça negou ao pobre cachorrinho, muitos médicos negam à pessoas!

¬¬'

P. Florindo disse...

É complicado você estar com boas intenções e ser atrapalhado por uma pessoa que não quer fazer o mínimo de esforço (exceto para deixar você cada vez mais pê da vida).

É o mesmo que ligar para a polícia no meio de um assalto ou uma invasão e eles ficarem pedindo informação desnecessária como "o assaltante é canhoto ou destro"? ¬¬

Dan Pessôa disse...

Boa sorte pra vc!! Será uma boa veterinária pelo jeito :)

Abraços!!

TaTú Tauá disse...

Adoro Animais !!!

Dah uma olhadinha no meu blog tambem !!!

www.tatutaua.blogspot.com

Inez disse...

Não sou de agradar animais, nem cãozinho, mas se alguém maltratar um animal na minha frente leva uns sopapos bem dados.
Também não acredito muito em associações, pra mim são mais uma forma de ganhar uma graninha com pouco trabalho.
O pior que essas coisas não acontecem só com animais, acontece também com seres humanos, as vezes até pior porque o animal todos sabem que não farão mal a ninguém agora um coitado jogado na rua ninguém sabe o que pode acontecer.

Mauro disse...

nessas horas que vemos o nível de hipocrisia dessas associações, mais interessadas em interesses próprios que na finalidade para qual elas se propõem a atuar.

Liipee disse...

Olha..
texto bem tocante, para mim..
na rua onde eu moro, sempre tem um cachorro morrendo.. eu passo encarando eles(os cachorros) nos olhos, olhando lá no fundo, e vejo sua alma, clamando e pedindo ajuda, mas nada eu posso fazer, é tão triste ver aqueles lindos olhos, morrendo, é triste. Fico chocado, e pensando de como é ruim a pessoa estar precisando de ajuda, e ninguém ajuda.
é foda, é a sociedade atual, é um cu mesmo
falo de boca cheia..
eu queria ser veterinário quando criança, gosto muito de animais, principalmente gatos, mas optei por MEDICINA, cirurgião..
não pelo ganho, mas porque quero salvar vidas, estar a frente da equipe, tomar decisões, e me sentir feliz a cada dia, quando operar a pessoa e ela acordar no outro dia e me agradecer.
:)

Mogui ; disse...

eu conheço bem isso.. aqui na minha cidade existe a SOAMA - sociedade de amigos dos animais, que GRAÇAS A DEUS é uma boa instituição e faz de tudo para ajudar os pebrezinhos.aconteçe que, em alguns lugares as pessoas não levam tão a sério a situação como aqui.. é o caso da associação da sua cidade :/
mas vale reclamar na prefeitura hein! arranja o telefone da prefeitura e bota a boca no trombone! (Y)
a propósito já que nós já estamos nesse assunto... milhares de instituições que recolhem a ajudam animais de rua estão superlotadas. não existe mais espaço para tantos animais, principalmente para os deficientes que nunca são adotados e acabam morrendo por falta de condições de sobrevivencia. então se alguém aí está pensando em ter um bichinho de estimação. NÃO compre. ADOTE :D
beijo!

cau disse...

aaa esse povo de hoje nao quer saber de mais nada mesmo!
boa sorte com a veterinaria!

;*

Ju disse...

Mas eu fico louca com essas coisas!

Tem pessoas que merecem passar pelo mesmo que o pobre cachorro.

Ótimo post Bela, boa semana!

Mariana Soares disse...

Realmente é um absurdo as atitudes desumanas que as pessoas tomam em frente aos problemas com os animais!!! A gnt entra no site das ongs e eles se dizem os mais apaixonados e defensores dos animais, mas quando a gnt precisa, a resposta é sempre a mesma: "Não podemos fazer nada!".

Bom, eu vi que vc quer fazer Veterinária, eu passei na ufrgs em porto alegre agora, e pretendo fazer a diferença lá dentro. Muita sorte viu futura colega de profissão.

É de pessoas como você que esse meio precisa!
bjaoo
adorei o blog!

© 2008 Por *Templates para Você*